Todos que cantam alimentam expectativas com relação à sua voz. Seja uma expectativa de como gostaria que o som fosse ouvido pela platéia ou até mesmo sobre as sensações que o som traz. Durante as sessões de Voice Coaching, percebo que as expectativas vocais podem ser muito boas ou muito prejudiciais no processo de ensino-aprendizagem vocal. Por isso resolvi enumerar aqui algumas considerações a respeito do que podemos (e devemos) esperar enquanto cantamos, tanto em termos estéticos quanto em termos de sensações que a emissão vocal nos traz.

  1. Você nunca soará como ninguém mais no mundo. Sua voz é muito particular. Seu instrumento e suas emoções são só suas, por isso você nunca cantará como ninguém no mundo. E isso é MAGNÍFICO! Perceba quão exclusivo e especial você é! Ter ídolos e referências é muito bom para nos inspirarmos, mas tentar soar como ele pode ser danoso (para a saúde vocal, mesmo) e limitar a sua máxima expressão de si mesmo. Permita que sua voz encontre o SEU máximo potencial;
  2. Acredite: você não conhece a sua voz completamente. A não ser que você seja um cantor (ou cantora) de longa carreira e técnica consolidada, acredite: você sabe muito pouco, ou quase nada, das suas possibilidades vocais. Como você não sabe o resultado final que sua voz pode lhe trazer, permita-se ser guiado(a) por um Voice Coach Profissional e capacitado. E acredite (ainda mais): se o seu Voice Coach for preparado e responsável, NEM ELE MESMO sabe qual o resultado final da SUA voz! Ou seja: as sessões de Voice Coaching são processos contínuos de descoberta para ambos! E isso é mágico! O seu Voice Coach deve saber guiar sua voz através da melhor coordenação funcional possível, e isso traz resultados surpreendentes para ambos! Por isso é tão divertido e prazeroso fazer e ministrar aulas canto, Voice Coaching. Portanto, permita que coisas diferentes apareçam na sua voz e conheça TODAS as possibilidades que ela pode trazer;
  3. Acredite (2): você não tem certeza de como é a sensação CORRETA de uma emissão equilibrada. Ao longo de anos estudando e ministrando aulas, Voice Coaching, masterclasses e workshops, percebi como as mudanças vocais surpreendem as pessoas no quesito SENSAÇÃO DO SOM, da emissão vocal. Reações como “NOSSA! TÃO FÁCIL ASSIM?“, “ISSO É TÃO DIFERENTE“, ou um simples “CARA! QUE DOIDO ISSO”, são mais comuns que se imagina. E porque isso? Pois você não sabe como é sentir sua voz equilibrada totalmente. A não ser que (repito) você já tenha uma técnica consolidada. Aqui entra, mais uma vez, a confiança e a escolha de um(a) bom(boa) Voice Coach. Ele(a) poderá lhe guiar rumo a essas sensações desconhecidas e/ou inexploradas. Permitir-se, portanto, faz parte do processo. Seth Riggs, professor mundialmente renomado por ter dado aulas para estrelas como Stevie Wonder e Michael Jackson, e também um dos professores com quem tive a sorte e o prazer de estudar, afirma que a boa técnica vocal “é uma total recusa do corpo em ajudar o tom de qualquer maneira”. Ou seja, muito do que você esteja tentando fazer, muito possivelmente, esteja errado pelo simples fato de você estar tentando manipular sensações que você nem conhece. Permitir-se ao desconhecido e ao novo, portanto, é muito importante. E se Albert Einstein afirmava que “não há nada que seja maior evidência de insanidade do que fazer a mesma coisa dia após dia e esperar resultados diferentes”, por que insistir em estímulos (ou até mesmo metodologias) que não te levam a lugar algum? Permita-se! Tente o novo e não se prenda a velhos conceitos. Saia do lugar comum! Experimente sensações novas.

Alimentar expectativas é bom, mas quando elas se tornam um entrave ao desenvolvimento vocal é hora de revisar os conceitos e esvaziar a mente. Expectativa só é boa quando nos dá visão de futuro. Mas, para isso, você precisa liberar-se do seu passado (inclusive o vocal). Portanto 1) seja você mesmo(a); 2) permita o desenvolvimento pleno da SUA voz; e 3) abandone os velhos hábitos experimentando novos.

Solte a voz!

Fernando Zimmermann

Co-fundador do Full Voice Studios e Voice Coach de cantores do Brasil e do mundo, Fernando ajuda cantores e cantoras de todos os estilos a desenvolverem não apenas o máximo potencial vocal, mas também a plenitude artística e pessoal.
>